Fernando Sabino, Advogado

Fernando Sabino

Brasília (DF)
3seguidores3seguindo
Entrar em contato

Sobre mim

Especialista em ciências criminais .
Bacharel em Direito pela Universidade Paulista . É advogado militante no Distrito Federal,onde nasceu e foi criado. Pode ser encontrado pelo e-mail [email protected] Ou no telefone (61)98130-7390

Principais áreas de atuação

Direito Penal, 9%
Direito Administrativo, 9%
Direito Militar, 9%
Direito Ambiental, 5%
Outras, 68%

Recomendações

(14)
Evelyn Flores Cáceres, Advogado
Evelyn Flores Cáceres
Comentário · há 5 meses
Vou apresentar alguns itens que, apesar de todo o seu discurso, não passaram pela sua mente: trata-se de longo financiamento. Vai ter gente que está devendo por mais de um ano por desemprego, por separação, por problemas de saúde....
Acredito que a sua resposta serve para quem teve o pensamento de fazer faculdade e não pagar. Pergunto-lhe: quem é o "vagabundo" que quer fazer faculdade?
Acredito que existe uma mentalidade coletiva de que haverá mais opções de emprego com o "canudo" na mão. A verdade é que existe a esperança de um salário maior seja na área pública ou privada. O que ocorre na vida pessoal de cada um, não podemos saber.
A uns dois anos atrás, vi uma reportagem na TV sobre os devedores do Fies. Nenhum deles pensou que seria devedor. Só pensaram que seria possível estudar mais perto de seus trabalhos e família para encaixar horários e o desejo de um salário melhor.
Praticamente nenhum havia deixado de pagar o FIES durante os primeiros anos da cobrança. São muitos anos, os filhos nascem, alguém da família ou o próprio ficou mal de saúde, não havia quem ajudasse, etc.
Tem gente que ficou devendo no último ano!
Todos sabem que serão acionados mas, sabendo que foi difícil conquistar o diploma, nenhum desejou ficar sem pagar.
Havia cobranças de parcelas de R$100!!!! Acredite... Quem tá sendo cobrado, nunca pensou em ficar devendo.
Ou seja, a escolha pela faculdade particular não foi um luxo, mas uma oportunidade que pode ser bem aproveitada ou não mas quem sou eu para dizer o que acontece na vida de cada um, não é mesmo?
Vejo muita gente querendo dar lição.... Bom, para quem é exemplo de vida, não precisa de "textão" para demonstrar que o seu sucesso não veio com empatia.
E se isso lhe falta, talvez não tenha tido tanto sucesso assim.
Infelizmente, vejo esse tipo de cultura de "apontar o dedo"... Não esqueçam: outros três apontam para si e um para Deus.
Confesso que não conheço a minoria que pensou em "dar calote" ou que vive de luxo... Com certeza existe, mas não é a maioria não e sabem sim que serão um dia acionados na justiça e vai dar bastante trabalho para a Defensoria pública.
Espero que o valor seja recuperado. Vamos ver as penhoras nas contas e bens dos que são como a Sra descreveu pois os que não tiverem essa índole também terão de responder mas com maiores consequências danosas.
Vale a reflexão.
Espero que tenhamos todos como resolver nossos problemas, e logo!

Perfis que segue

(3)
Carregando

Seguidores

(3)
Carregando

Tópicos de interesse

(11)
Carregando
Novo no Jusbrasil?
Ative gratuitamente seu perfil e junte-se a pessoas que querem entender seus direitos e deveres
Fale agora com Fernando
Rua 5 norte Lt 4 Bl B , ED Modern Life , torre B. - Brasília (DF) - 71907720

Fernando Sabino

Rua 5 norte Lt 4 Bl B , ED Modern Life , torre B. - Brasília (DF) - 71907-720

Entrar em contato